O que São Neuralgias?

A dor é um dos sintomas mais desconfortáveis e incapacitantes que se tem conhecimento. Ela traz sofrimento físico e psicológico levando a imediata mudança de comportamento, protegendo o indivíduo em algumas situações, mas trazendo impacto na qualidade na qualidade de vida em outros.

Existem inúmeros tipos de dor, a depender da causa, do tempo de duração, da estrutura envolvida e do limiar individual. A forma mais conhecida é a dor como sinal de alarme para uma lesão tecidual, algo que lese os tecidos (pele, músculos, ossos, articulações etc.). Essa dor é fundamental para a manutenção da integridade.

Agora, existe um tipo peculiar de dor: a dor neuropática (causada pelo próprio sistema nervoso, central ou periférico). A dor neuropática não é fruto de ameaças no sítio de percepção, e sim uma disfunção do próprio sistema de captação e transmissão da dor tradicional (nervos/medula ou cérebro).

Chamamos de nevralgia (ou neuralgia) as dores oriundas de disfunção nos nervos periféricos. tratam-se de dores com características peculiares e muito sofrimento para seus portadores.

As nevralgias são dores geralmente descritas como choques, pontadas, queimação, fincadas, tem características agudas e repentinas, trazendo um sofrimento muito intenso para quem as sente. O paciente descreve crises de dor, geralmente sempre no mesmo lugar, com um território (faixa) de distribuição de um nervo. A despeito da dor intensa o paciente não nota nenhuma alteração visível na área aonde a dor é sentida. a resposta aos analgésicos comuns é geralmente ruim. É mais comum em pessoas mais idosas, mas podem ocorrer em qualquer idade.

 

Característica de dores neuropáticas (Nevralgia)
–   Choques/Fincada/Queimação
– Localização peculiar (faixa/ território nervo)
– Aguda (crise)
– Intensa
– Ausência de lesão visível no local da dor
– Resposta ruim aos analgésicos comuns

 

Existem muitas formas de nevralgias, a depender da causa e da localização.

O médico para fazer o diagnóstico irá se valer da história clínica, questionando o tipo de dor, a intensidade, a localização, os fatores de melhora ou piora e sintomas associados. Por vezes a dor nevrálgica vem acompanhada de outros sintomas neurológicos, como formigamentos, alterações de sensibilidade, fraqueza, entre outros.

Teoricamente, qualquer doença que acomete os nervos periféricos, principalmente na sua porção sensitiva (que leva informações dolorosas para a medula e cérebro), podem causar dores de padrão neurálgico. Podem ser compressões, inflamações, infecções, desgaste de nervo por envelhecimento, causas tóxicas, etc. Em alguns casos a causa é determinada, em outros, a causa definitiva não é encontrada, sendo considerada uma degeneração do nervo de causa inexplicável.

CONHEÇA OS PRINCIPAIS TIPOS DE NEURALGIAS:

    1. Neuralgia do Trigêmeo

Esse é o principal representante da categoria das neuralgias. O paciente sente uma dor facial aguda, e choque de intensidade muito elevado. Trata-se de uma das piores dores sentidas pelo ser humano. A duração é geralmente curta, segundas, mas o quadro pode se repetir diversas vezes ao dia por período variável de tempo. As crises são espontâneas e o paciente tende a levar a mão no local da dor para tentar conte-la com um estímulo tátil. É mais comum acima dos 60 anos. Mas pode ocorrer em qualquer idade.

É fundamental buscar uma causa, principalmente quando o paciente é mais jovem (alguma compressão ou inflamação do nervo). Em idosos geralmente nenhuma causa é encontrada.

É fundamental afastar problemas dentários, de ATM, sinusites, etc. O tratamento pode ser feito com medicamentos ou procedimentos cirúrgicos.

    1. Neuralgia Pós Herpética

Um dos quadros que mais causa dor nevrálgica é a fase pós infecção pele vírus do Herpes, principalmente o Herpes Zoster (Varicela-Zoster). A doença é causada pela reativação do vírus da varicela (que causa a Catapora na infância). O quadro de recorrência é geralmente localizado, delimitado por uma faixa de inflamação com lesões parecendo vesículas na pele. Muitos chamam esse quadro de Cobreiro. O Zoster pode aparecer em qualquer lugar do corpo, inclusive no rosto. Geralmente o quadro surge em idosos ou pessoas com imunidade reduzida, mesmo que por estresse excessivo. O vírus do Herpes Zoster inflama o nervo e com isso podem surgir dores terríveis no local do acometimento da infecção, essa dor pode perdurar por meses a anos após a infecção propriamente dita.

    1. Ciática

Dor bastante comum que afeta milhares de pessoas pelo mundo. A dor geralmente se projetada região lombar para um dos membros inferiores, por isso as vezes é chamada de lombo-ciatalgia. A causa é quase sempre uma compressão por uma hérnia ou outros problemas mecânicos da coluna lombar. A dor é agravada por espirros, tosse, carregamento de peso e algumas posições específicas.

    1. Outras: neuropatia diabética, neuropatia alcoólica, traumática, compressão de nervo, doenças genéticas, etc.
Causas de Neuralgia
– Neuralgia trigêmeo
– Neuralgia pós Herpes
– Ciática
– Compressão de nervo
– Diabetes
– Alcoolismo
– Traumas

SAIBA COMO É FEITO O TRATAMENTO DAS NEURALGIAS
O tratamento depende muito da causa do problema. De modo geral as nevralgias não respondem bem aos analgésicos e anti-inflamatórios comuns. Como a natureza do sintoma é neurológica, os medicamentos devem ser específicos para agir no próprio nervo, seja para prevenir, seja para remediar a dor após o seu início. Quando a causa é determinada o tratamento deve ser movido para a causa do problema. Existem opções de cirurgia em casos selecionados, principalmente nas compressões. O ideal é uma avaliação com especialista para personalizar o melhor tratamento caso a caso.

Artigos relacionados: